Cadastro Positivo: 4 milhões de pessoas e empresas foram incluídas no mercado de créditos

O Cadastro Positivo tem mais da metade da população brasileira em seu banco de dados. Mais precisamente, 62% dela, sendo os estados de São Paulo (75%), Rio de Janeiro (72%) e Distrito Federal (71%) aqueles com maior participação na base de informações.

Vale dizer que essas informações consideram tanto pessoas físicas quanto jurídicas. Então, para saber mais, confira a seguir.

Os dados são da Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC), segundo levantamento que também atesta o potencial de inclusão financeira do programa. Isso porque, de todos os consumidores e empresas presentes na base de dados, a consulta de crédito do novo Cadastro Positivo beneficiou pelo menos 4 milhões deles.

Na prática, o Cadastro Positivo é um histórico do seu comportamento de crédito. A ideia é trazer mais transparência e também oferecer uma forma de consulta segura e de troca de informações entre empresas e consumidores.

Além disso, o presidente da ANBC, Elias Sfeir, afirmou à imprensa que o Cadastro Positivo confirmou os benefícios que estavam previstos desde sua idealização, principalmente em relação à inclusão financeira.

“Esses dados comprovam como o Cadastro Positivo pode mudar a realidade de quem busca por crédito. Esses 4 milhões de consumidores e empresas que tiveram sua inclusão financeira a partir da primeira consulta passaram a ser visíveis no mercado de crédito devido ao Cadastro Positivo”, explicou Sfeir

Por fim, ainda de acordo com Sfeir, o Cadastro Positivo também beneficiou consumidores e empresas que já participavam do mercado de crédito. O que, na opinião dele, pode resultar em “melhores condições em empréstimos e financiamentos permitindo que se tome crédito sem prejuízo da capacidade de pagamento”.

Fonte: Seu Crédito Digital