A PARTIR DE HOJE (15), DUAS SEMANAS EXTRAS DE OPERAÇÕES SEM IOF

Conforme vem informando nos seus grupos de WhatsApp desde o último sábado, manhã seguinte ao anúncio de edição especial do Diário Oficial da União, que circulou no fim de tarde da sexta, o SINFAC-AM relembra aos seus associados que a partir desta terça-feira (15/12) e até o final deste mês, volta a valer a isenção do Imposto sobre Operações Financeiros (IOF), suspensa recentemente para proporcionar recursos ao Tesouro Federal com destino ao apagão no Amapá – um total estimado em R$ 80 milhões.

De acordo com o presidente do SINFAC-AM, Silvestre Augusto (Casa de Factoring), a medida sinaliza a clara intenção do governo de manter sua credibilidade em alta, ao retomar um benefício fiscal expressivo, tão logo os recursos desejados foram obtidos.

“Uma possível nova etapa do Pronampe ou do BNDES FGI nas duas últimas semanas de 2020, por exemplo, tem tudo para registrar procura elevada, frente ao alento dado pela nova determinação do Planalto”, comenta.

O mesmo se aplica, segundo Silvestre, ao recém-criado “PEAC Maquininhas”, que permite aos MEI – Microempreendedores Individuais e EP – Empresas de Pequeno Porte contratar até R$ 50 mil, oferecendo em garantia suas próprias vendas com cartões a serem recebidas, e que vinha registrando uma adesão aquém da esperada.

O diretor da ABRAFESC – Associação Brasileira de Factoring, Securitização e Empresas Simples de Crédito Renato Coelho dos Santos (go.credit) pensa de forma semelhante com relação ao impacto positivo desta nova medida.

“Boa oportunidade para reativar operações do nosso mercado que estavam reprimidas, frente ao receio dos tomadores de ter sua dívida onerada, sem uma possível prorrogação do benefício, como felizmente agora ocorre”, comemora o empresário, cuja ESC é uma das primeiras integrantes de parceria recém-formada entre a ABRAFESC e a BMP Money Plus envolvendo capital de giro com ou sem garantia, recebíveis de cartões de crédito e duplicatas.